LCJMS inaugura centro de treinamento Zendokan e Dojo em homenagem a personalidades do judô regional e nacional

A Liga Confederada de Judô do Mato Grosso do Sul filiada a Confederação Brasileira de Judô KodoKan, na noite desta quinta feira (10) em solenidade festiva respeitando o protocolo de segurança realizou o encerramento das atividades alusivas ao judô 2020. Com um número restrito de convidados, a LCJMS apresentou seu novo centro de treinamento esportivo, além da graduação de faixa preta e elevação de Dans, tudo supervisionado pelo Shihan Noritoshi Sato.

Shiran Noritoshi Sato e Sensei Cleber Pereira

No evento teve a inauguração do Centro de Treinamento Judô Social Zendokan, uma homenagem ao primeiro professor de judô que ensinou em Maracaju sensei Jose Fernando Campos que coordenava o clube Zendokan de Judô em 1982. Dojo leva o nome do Shihan Noritoshi Sato, outra homenagem especial ao shihan que faz parte da Liga é um dos mais antigos e renomado mestre de judô do Brasil.
Para o Secretário de esporte Ednelson Barbosa da Silva, encerrar suas atividades frente a secretária em um evento como esse que tem sua participação desde a fundação até esse momento é um prêmio pelo trabalho desenvolvido no esporte. “ Uma pequena semente que foi lançada em terra fértil, eis o resultado. Parabéns a todos os envolvidos”,
disse Ednelson Barbosa.

Representantes Secretarias Esporte e Educação

Professor Tiago Brites que estava representando o secretário de esportes que já foi anunciado e assume em janeiro, a nova administração também terá um carinho especial com o esporte de
Maracaju. “ Vamos estar atentos, e aquilo que for de interesse da comunidade esportiva, que traga resultado positivo, não só em pódio, como campeões, mas na vida, como cidadãos, pois os ganhadores e campeões são consequências de um trabalho bem feito, mais a marca maior é aquela que fica na sociedade como pessoas de bem, para esses vamos estar sempre dando apoio e parceria”, disse Tiago.

Shiran Sato e Sensei Cleber com graduados a faixa preta

Shihan Noritoshi Sato, presidente da comissão de graus nacional da CBJK, de poucas palavras, e na sua experiência de tatame como judoca e como professor, além da experiência de vida. “Hoje vivemos um momento maravilhoso no judô de Liga, judô que estava esquecido, mas hoje reencontramos no judô a essência da arte deixada de lado que é preparar para a vida”, disse Sato.
Presidente da Entidade Cleber Santos Pereira, agradeceu a presença de todos, e disse que esse é resultado de um sonho de um grupo de pessoas, que faziam do judô a vida, mas que foram esquecidos e que hoje com união, apoio e esforço de cada um, o sonho é real.” Da primeira reunião de três pessoas, até aqui nestes cinco anos, podemos dizer que crescemos em qualidade e quantidade, que hoje não sonhamos mais, vivemos uma realidade a cada dia, do judô social para exemplos de vida.  É bem verdade que tivemos parceiros importantíssimos nesta administração e estamos preparados e prontos para dar a nossa contribuição como judô de liga social a administração que logo se inicia, esse é o nosso trabalho e nosso objetivo, as crianças e a mais carentes”, disse Cleber.

Sensei Romeu Saravy e Sensei Magno Moura

Estiveram também no evento sensei Magno Moura do Projeto Judô de Ouro de Porto Murtinho, Sensei Romeu Saravi do Projeto Flor de Cerejeira de Campo Grande, Paula Brites representando a Secretária de Educação Cleoerdes Barbosa e Luiz Fábio, professor de Capoeira e coordenador do Projeto Ginga Maracaju.

Shiran Sato e Senseis da LCJMS

 

Redação e fotos: Paulo Roberto Banczek e LCJMS.

Revisão: Depto. Mídias Digitais CBJK.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error

Gostou do nosso site? Divulgue para familiares e amigos :)